domingo, 30 de junho de 2013

O outro lado do (meu) estuário

 

De volta à Carrasqueira em 2013, desta vez como em nenhuma outra, num veículo de duas rodas. À pendura, se ele for devagar, tudo me entra pelos olhos dentro. Fico ali a rezar sem Deus pelos engenhos primordiais que o tempo não perdoa nem cuida.

~CC~

1 comentário:

  1. É liiindo o outro lado do "teu" estuário. Magnífica fotografia.
    Bjs.

    ResponderEliminar

Passagens