domingo, 23 de junho de 2013

Postal


 
Não és muito de colar bocadinhos quando te apareço desconexa, não dás andamento aos meus lamentos nem enxugas lágrimas, às vezes fico suspensa à procura desse medicamento de açúcar, quero que me enroles e me escondas nem que seja só por um bocadinho. Tu és mais de usar abundantemente a técnica das sardinhas, do copo de vinho e mais recentemente a 125 azul (que não é 125 nem azul).  Cantarolas todo o tempo com o Zambujo quando ele é divertido e afoito e não lhe bates palmas quando integra Deus nos fados, isso diverte-me. Levas-me ao sol e ao mar porque sabes do bem que me faz o Verão. Volto agora e tenho a dizer que ainda me apetece chorar com a danada desta vida mas já é mais chorar de raiva do que me enfiar no escurinho de uma toca. E há a lua, abre a agenda, marco já encontro para a vermos daqui a 18 anos.
 
~CC~

1 comentário:

  1. Está marcado. 2031. Depois vemos o dia.
    É já daqui a pouco.
    Beijo
    *jj*

    ResponderEliminar

Passagens