sexta-feira, 8 de junho de 2018

Duas malditas lágrimas furtivas



Eu não sei. Não sei de foi o dobrar dos cinquenta. Não sei se foi da doença. Não sei se são eles que são melhores do que eram antes. Do facto de ter ficado doente estavam eles no 2º ano e da minha ausência e do meu regresso estar associado ao percurso deles. Se é desta chuva miudinha que não larga.

Duas malditas lágrimas furtivas.

Um esforço para conter mais. E parte passa não só por eles como pessoas, mas pelo trabalho que realizaram nos seus estágios.

Achar que vou ter saudades deles, da maior parte deles.

Que diabo, nada é como era antes. Não me emocionava assim, não me entregava assim. Sabia tão bem tecer as fronteiras. É claro que sempre houve alunos que ficaram, alguns que continuaram a escrever e a ligar mesmo depois de terem saído. Uma minoria de qualidade, de primeira.

Nada como agora. Estou aqui a recuperar da emoção de quarta e quinta, atontada.

A ver vamos se regresso ao formato que aquele moço mais atrevido caracterizou.
O meu pai professora viu-a e perguntou: mas é daquela professora pequenina e magrinha que vocês todos têm medo? Ele diz que respondeu que não era medo, era respeito.

Respeito é bom e custa, oh se custa a conquistar. Mas se calhar também pode combinar com as duas lágrimas furtivas. É claro que ainda lhes chamo duas malditas lágrimas furtivas.

~CC~








3 comentários:

  1. Quanto a este departamento, no meu caso a maior diferença tem que ver com a exteriorização de emoções. Tenho mais filtros, assim como na linguagem.
    Tenho mais filtros não pelo facto de 'naturalmente' me ter acontecido ficar assim, mas porque tenho feito por isso. Por várias razões. Algumas, não necessariamente as mais importantes: por cansaço, algum vindo de desilusões; não quero dar explicações nem ser indelicada; pelo aumento da importância que atribuo às minhas pessoas (às pessoas de quem gosto muito, às quais não escondo e dou muito)e a diminuição da importância que fica para as outras; pelo maior relativização...

    Bom fim-de-semana, CC!

    ResponderEliminar
  2. https://www.youtube.com/watch?v=2J7JM0tGgRY
    beijo, CC :)

    ResponderEliminar
  3. Isabel, pois eu vou perdendo filtros...que os usei em excesso toda a vida, parece-me.
    Ana, que bonito, obrigada! Por acaso não me lembrei quando escrevi...beijinho.
    ~CC~

    ResponderEliminar

Passagens