sábado, 6 de fevereiro de 2016

Tudo o que eu preciso



Tudo o que eu preciso e por ora não tenho. Setembro no Alentejo, uma escola velha renovada por gente jovem. O sumo, acabadinho de fazer, foi uma das bebidas mais deliciosas que bebi. Não é uma coisa frequente em mim ter saudades do passado.

~CC~

1 comentário:

  1. Mesmo esse passado causa uma certa inveja boa. Faz-me falta o "estar" ao sol :)

    ResponderEliminar

Passagens