sábado, 27 de maio de 2017

É o que verdadeiramente importa


É uma nota tão pouco usual que parei nela...na semana em revista, assinada por Pedro Cordeiro no Expresso, entre políticos, vedetas do futebol ou do cinema, aparece o seguinte:

Jacarandás
"Este foi o seu mês. Num ritual que compensa o seu carácter efémero com a promessa de se repetir ano após ano, encheram os céus de roxo e animaram o quotidiano de quem sabe olhar para eles"

Fico a imaginar um jornal assim, todo feito de poesia, iluminador e iluminado.

~CC~

6 comentários:

  1. E enchem de roxo uma cidade
    Kis :=}

    ResponderEliminar
  2. É para parar mesmo. E os jacarandás são absoluta poesia.

    [menos para quem tem o azar de estacionar o carro na sua sombra...:)]

    ResponderEliminar
  3. Olá avó Gi, Luísa e Laura...a minha cidade está cheia deles, fica tão bonita...raramente os jornais dão conta destas coisas. Mas a Luísa tem razão, a goma das flores é mortal para a pintura dos carros...um mal menor se fugirmos a estacionar por lá ou se sacudirmos as flores antes de entrarmos.
    ~CC~

    ResponderEliminar
  4. bom bom é quando chegam a florir duas vezes por ano :)

    ResponderEliminar

Passagens