segunda-feira, 27 de junho de 2022

Ir e voltar


 Deixei lá o meu coração, junto do voo das garças brancas e do debicar dos flamingos. 
Não podia.
Afinal trouxe-o.
Leve, pronto a bater asas no interior dos dias.
Hei-de conseguir.
~CC~

quinta-feira, 23 de junho de 2022

Com o mar ao fundo.


Regressar aos lugares onde se foi feliz. Nem que seja para recuperar aquelas marcas de sol que nos ficaram marcadas na pele. 

Até a praia com chuva tem o mar ao fundo. Depois é trazê-lo nos olhos e colocá-lo em paisagem visual quando precisamos.

~CC~

quarta-feira, 22 de junho de 2022

Percentagens


Disse-me ele em tom aflito: 30% de esperança. Os números e o frio que transportam.

Chorei a seco, posso dizer-vos que não há pior. Não é modo de aliviar a dor, não consigo fazê-lo. Maldito corpo este que me puxa para baixo da terra quando no mais profundo de mim eu sou tão viajante, tão do vento e das ondas do céu, tão da vida, do gosto dela.

~CC~


segunda-feira, 20 de junho de 2022

Fábrica de compatibilidades

 


- Veja esta montra, tão bonita...coloridas estas sobremesas...a senhora gosta de doces?

- Eu gosto, um docinho de vez em quando...

- E agora vai comer algum destes, qual é o seu preferido?

- Se comesse algum, seria uma fatia de pavlova...

- Ah eu também gosto muito.

- E a senhora também é dessas que sai para passear o cão?

(que salto...)

- Eu?! Não, eu não tenho bichos em casa (omiti algumas traças que me atormentam).

- Tal e qual eu!

Chega entretanto o companheiro com a imperial e interrompe-lhe a conversa, puxando-o para a mesa, com olhar reprovador, do género "deixa a senhora em paz".

Confesso que saída de uma semana particularmente difícil estava absolutamente concentrada na chegada à minha cidade e num sumo de laranja fresquinho, como tal não me lembro se o senhor era alto, baixo, gordo, magro, bonito ou feito, seguramente teria 60 ou mais. Pensando, contudo, no assunto, aquilo parecia uma espécie de Tinder ao vivo e a cores, embora não conheça a aplicação, parece que tudo se resume a meia dúzia de perguntas a partir das quais nos encontram alguém compatível. Há quem acredite que o amor é uma fábrica de compatibilidades. 

Contudo, querido senhor, acho que nunca na vida bebi uma imperial, só me faltou dizer-lhe isso. Por isso, olhe, já não somos o par perfeito, embora lhe elogie muito essa sua intenção de não sair apenas para passear o cão. 

~CC~


sábado, 18 de junho de 2022

A sustentável leveza do ser

 


Gostaria de ficar mais leve, mais próxima dos voos dos pássaros e da possibilidade das suas rotas infinitas.

~CC~